Diretamente do #buracodeminhoca por #claudiavannini 12/04/2016 – 16h57 GMT-02

Diretamente do #buracodeminhoca por #claudiavannini em 12 de Abril, 2016 – 16h40 GMT-02
A visão é a seguinte:
1- cenas semelhantes ao dia da votação do impeachment de Collor. Os ânimos foram crescendo no plenário e muitos mudaram de opinião ao perceber a pressão num evento ao vivo . Uma forma de garantir que não haveria rejeição popular numa próxima eleição. Conforme a votação vai seguindo, os indecisos e pseudo coligados vão mudando de lado e votam contra a Presidente.
2- é uma traição coletiva, então todo um grupo muda de opinião, parece-me que somente na Sexta-feira. Lembrando que não há tempo x espaço nessa projeção.
3- o TSE aparece como uma resposta final no caso de recursos juridicos que anulem a votação. Gilmar Mendes foi enviado para ocupar o cargo no TSE como uma garantia, caso algo dê errado dentro do plenário por pressões múltiplas. Esse é o elo que faltava: a função do TSE nessa conjuntura. É uma carta na manga que certamente retira a Presidente do poder, caso outras forças atuem.
4- Ainda há uma denúncia final a ser feita, provavelmente de uma empreiteira grande. Isso coloca um ponto final nas dúvidas que podem existir entre os deputados indecisos.
5- Lula sai de cena
6- Dilma sai de cena
7- Juiz Sérgio Moro atua fora da cena
8- Michel Temer é Presidente até 2018
9- Há recuperação lenta das indústrias e aumento nas parcerias internacionais para movimentar 2016 e 2017
10- O muro erguido em Brasília pode durar algumas horas, mas é um erro que trará ferimentos e novamente os cavalos entram em cena. Aqui podemos chegar àquela primeira visão sobre revolta popular com cavalos pelo meio, jatos de água, vidros quebrados, fumaça branca e bombas.
ClaudiaVannini é apolítica e esse texto está no https://www.facebook.com/PegadaAstrologicaPorClaudiaVannini/
e @pegadaastrologica no Instagram
Advertisements

Leave a Reply