14 de FEVEREIRO,2018 por ClaudiaVannini – FEB,14th,2018 – Mediunidade 17/25

fev14
Pré Eclipse e vamos nos preparando com #LUA em Aquário. Alimentação suave e movimentos mais calmos. Queremos que a vida siga lentamente neste último dia de Lua Balsâmica. Marte e Mercúrio não concordam e entram num desafio raro no céu. É o chamado quintil, o ângulo de 72 graus. Um Planeta magnetiza o outro e cada potencialidade é exaltada. Como estamos falando sobre o Planeta da Guerra e o Planeta Mental, temos um dia com disputas intelectuais e guerrinha de palavras. Saber usar a palavra com sabedoria é o desafio do dia. Não tome decisões entre os dias 14 e 16 de Fevereiro. Deixe o Eclipse passar e, com a Lua Nova, você planeja seu Ciclo Lunar com a cabeça fria. Tudo corre bem ao entardecer da Quarta-feira. Vênus traz momentos de tranquilidade e o #AMOR está beneficiado. Em alguns países, é o Dia dos Namorados. Celebremos o amor em todas as partes do Planeta. Até o amanhecer do dia 15 há um clima de romance e serenidade aos casais. Todos os signos sentem a pressão da véspera do Eclipse com efeitos sobre o corpo físico como cansaço, náuseas e indisposição sem motivo. Repouse! Seja feliz na Terra NAMASTE_/\_
 
Para contratar mapas astrológicos e kármico ou consulta presencial para reprogramação energética utilize SOMENTE o email pegadaastrologica@gmail.com
Local de atendimento: Jardins-SP
Siga diariamente na fanpage PegadaAstrologicaPorClaudiaVannini e instagram @pegadaastrologica ou no http://www.claudiavannini.com
produção editorial http://www.victaerion.com
 
#MEDIUNIDADE 17/25 – Ataques sexuais, Sexualidade e Mediunidade – Sexo é vida e energia. O Medium, no desenvolvimento das suas capacidades, deve estar sempre atento a este tema. Observar os pensamentos e as condutas garante uma vida sexual feliz sem interferência sobre a Mediunidade. O Medium necessita de vida monogâmica ou deve optar por não ter vida sexual. Quando o Medium tem um único parceiro, e com ele vive a sexualidade de forma sadia, suas potencialidades se ampliam. Quando opta por não ter vida sexual, o próprio organismo transforma a energia sexual em outras capacidades, como explica Divaldo Franco. Nenhuma energia é perdida ou suprimida. Apenas é utilizada pelo próprio corpo para ampliar a energia vital. Mediuns em desequilíbrio são vítimas de ataques sexuais em seus desdobramentos noturnos. Há poucos relatos sobre isso. Poucos são os que tem coragem de explicar como são abusados sexualmente durante o sono e como lutam e se debatem para se libertar de seres inferiores que retiram, através do orgasmo, ectoplasma para sua manutenção na Terra. Poucos centros espíritas recebem esta reclamação dos mediuns em desenvolvimento porque no atendimento fraterno sempre há pessoas mais idosas, senhores, homens e as maiores vítimas dos ataques noturnos são as mulheres.
 
Estes ataques ocorrem com mulheres com ou sem vida sexual. Normalmente, após o desdobramento, seres de baixíssima vibração unem-se em grupos de 3 e completam o ato sexual. Muitos mediuns relatam com detalhes a forma como foram violentados e quantos eram. Normalmente, acordam após um grande esforço para se libertar e um grito sufocado que não é ouvido por quem está próximo ou dormindo junto. Muitos mediuns, durante o desdobramento noturno, beijam antigos parceiros, praticam o ato sexual com atores, pessoas da mídia e estrelas de cinema. Devemos sempre lembrar que os espíritos se mostram da forma mais simples para nós. Utilizando a feição de um ex namorado ou de um cantor que gostamos, conseguem atuar com menos resistência sobre nossa psiquê e assim completam o ato sexual. Ao acordar, o medium tem certeza que teve relação sexual com uma ex namorada ou uma linda mulher da televisão. Sonhos sexuais com atores, cantores, amigos e ex parceiros são abusos sexuais de seres inferiores. Como evitar ataques noturnos?
 
Sendo homem ou mulher, tenha consciência que ataques sexuais noturnos ocorrem na Espiritualidade por conivência do medium. Sua vida, seus hábitos, seus parceiros e sua sexualidade atraem estes seres que se aproveitam da sua própria fragilidade moral. Alguns mediuns, com vida monogâmica, não compreendem o que ocorre. Relatam serem fiéis e tranquilos na vida sexual dentro do casamento. Neste caso, devem olhar para os hábitos do seu parceiro. Se o parceiro tem uma vida sexual variada e oculta, certamente o medium será o alvo durante o sono. Quando há mediunidade atuante em um casamento, o parceiro deve compreender que todos devem ser atentos sobre suas atitudes durante o dia. Quando há atos ocultos, relacionamentos extra conjugais, traições, mentiras e enganos, podemos nos preparar para um desequilíbrio completo da Mediunidade. Nem sempre o medium tem um parceiro que compreende suas faculdades. Digo sempre que ser casado com um medium atuante é muito difícil ou muito prazeroso. O parceiro sexual do medium tem um Universo em suas mãos. Se souber conduzir com habilidade esta energia Cósmica, terá uma vida sexual feliz e repleta de desdobramentos em dupla. Se tiver conduta imoral, terá um relacionamento fadado ao fim ou a constantes desavenças. Lidar com a energia sexual e com a Mediunidade é mais fácil quando se vive um casamento feliz com fidelidade mútua. O medium que não observa sua sexualidade e tem vários parceiros sexuais está comprometido em diversos níveis e jamais poderá servir ao plano Espiritual. Pessoas que mantém relações sexuais com parceiros variados ou frequentam casas onde há prostituição e troca de casais estão com comprometimento do chacra sexual e, em algum momento, viverão aqui na Terra o desequilíbrio desta função. Este desequilíbrio pode se manifestar no corpo físico ou perispiritual. A castidade não é uma besteira imposta pelas Igrejas. A castidade é a opção maior que o medium ou padre faz, simplesmente pelo domínio completo que passa a ter sobre seu corpo. Nas Igrejas, os padres são obrigados à castidade. Muitos sentem-se bem sem vida sexual. Como são obrigados, não podemos garantir que todos são castos. Nos centros kardecistas, a sexualidade é tratada como um ato do desenvolvimento da Alma na Terra. Muitos mediuns, quando envolvidos completamente pelo trabalho espiritual, optam naturalmente pela castidade. Quando percebem, estão mais íntimos dos mentores de Luz do que dos humanos e nem se recordam da vida sexual. Nem por isso deixam de ter observação sobre a exposição da beleza ou a estimulação sexual constante na nossa sociedade. Assim como um abstêmio recusa o álcool, o medium em extremo envolvimento espiritual ignora o sexo. Com ou sem sexo, mais importante é a forma como o medium se coloca na sociedade. Ser casto vai muito além da ausência do ato sexual. Este tema é pouco abordado e, normalmente, repleto de preconceito e deboche. Somente o medium ou padre, realmente desperto na Espiritualidade, pode explicar quão ínfimo é o sexo na Terra diante do que se vive no Plano Espiritual. Nunca foi pedido que se abandonasse o sexo. Certamente, é necessário abandonar a promiscuidade que começa na mente e termina no corpo para se ter uma vida Mediúnica equilibrada e útil na Terra. Se você sofre ataques sexuais noturnos, busque apoio em um grupo de oração da Igreja Católica ou um grupo kardecista. Se tem vergonha de contar o que vive durante a noite, escreva em um papel e entregue no atendimento fraterno com a seguinte frase: Sou vítima de ataques noturnos. Isto já basta para que você seja encaminhado para o tratamento correto. Lembre-se que, tudo começa na sua mente, nos seus hábitos e na sua casa. Divaldo Franco explica que uma vela acesa numa sala fechada dura 8 horas. Com uma janela aberta, dura 6 horas. Com duas janelas abertas, dura 4 horas. Cada qual sabe como manter a vela mais tempo acesa. ClaudiaVannini
 
Astrological Footprint by ClaudiaVannini -FEB, 14th, 2018
Pre Eclipse and let’s get ready with the #Moon in Aquarius. Gentle feeding and quieter movements. We want life to go slowly on this last day of Balsamic Moon. Mars and Mercury do not agree and enter a rare challenge in the sky. It is the the angle of 72 degrees. One Planet magnetizes the other and each potentiality is exalted. As we are talking about the War Planet and the Mental Planet, we have a day with intellectual disputes and war of words. Knowing how to use the word wisely is the challenge of the day. Do not make decisions between the 14th and 16th of February. Let the Eclipse pass by, and with the New Moon, you plan your Lunar Cycle with a cool head. All goes well at dusk on Wednesday. Venus brings moments of tranquility and #LOVE is benefited. In some countries, it’s Valentine’s Day. Celebrate love in all parts of the Planet. Until the dawn of the 15th there is a climate of romance and serenity for couples. All signs feel the pressure of the eclipse’s eve with effects on the physical body like tiredness, nausea and unreasonable ill-feeling. Rest!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s